Mensagens de Luz  
 
 
  Textos Espíritas  
 
 
  Guia de Centros Espíritas  
 
 
  Fale Conosco  
 
 
Página Inicial - O Espiritismo
 Home
 A Doutrina
  O que é?
  Conheça Allan Kardec
  Biografias
  Galeria de Imagens
  Fale Conosco
  Links Indicados
  Sugestão de Livros
  Obras Básicas
 O Espiritismo e Você
  Mensagens de Luz
  Textos Espíritas
  Guia de Endereços
  de Centros Espíritas
 
 
>> TEXTOS ESPÍRITAS >> LéON DENIS
 

Morte e Vida Além Túmulo

Autor: Léon Denis

Todas as religiões e todas as filosofias têm
tentado explicar a morte; bem poucas lhe têm
conservado o verdadeiro caráter.
O Cristianismo divinizou-a; seus santos
encararam-na nobremente, seus poetas
cantaram-na por uma libertação. Entretanto, os
santos do Catolicismo só viram nela as
exonerações da servidão da carne, o resgate do
pecado, e, por isso mesmo, os ritos funerários
da liturgia católica espalham uma espécie de
terror sobre essa peroração, aliás, tão natural, da
existência terrestre.

A morte é simplesmente um segundo
nascimento; deixamos o mundo pela mesma
razão por que nele entramos, segundo a ordem
da mesma lei.

Algum tempo antes da morte, um trabalho
silencioso se executa. A desmaterialização já
está começada. Poderiam verificá-la por certos
sinais, quantos rodeiam o moribundo, se não
estivessem distraídos pelos fatos externos. A
moléstia goza aqui de papel considerável. Ela
acaba em alguns meses, em algumas semanas,
em alguns dias, apenas, o que o lento trabalho
da idade havia preparado: é a obra de
“dissolução” de que fala o Apóstolo Paulo. Essa
palavra dissolução é muito significativa: indica
nitidamente que o organismo se desagrega e que
o perispírito se “desliga” do resto da carne em
que estava envolvido.

Ninguém morre só, pela mesma forma que
ninguém nasce só. Os invisíveis que o
conheceram, que o amaram, que o assistiram
aqui, em nosso orbe, vêm ajudar o moribundo a
desembaraçar-se das últimas cadeias do
cativeiro terrestre.

A desmaterialização está completa; o perispírito
se desprende do invólucro carnal, que vive ainda
algumas horas, talvez, de uma vida puramente
vegetativa. Assim, os estados sucessivos da
personalidade humana desenrolam-se em ordem
inversa àquela que preside ao nascimento.

As Almas, por instinto infalível, vão para a esfera
proporcionada a seu grau de evolução, à sua
faculdade de iluminação, à sua aptidão atual de
perfectibilidade.
As afinidades fluídicas conduzem-na, qual doce
mas imperiosa brisa que impele um batel, para
outras Almas similares, com as quais vai unir-se
em uma espécie de amizade, de parentesco
magnético; e assim, a vida, uma vida
verdadeiramente social, mas de grau superior,
reconstitui-se, tal qual outrora na Terra, porque
a Alma humana não poderia renunciar à sua
natureza. A estrutura íntima, sua faculdade de
irradiação, lhe impõe a sociedade que merece.

As altas missões da Alma jamais cessam. Os
Espíritos sublimes, que têm instituído e
melhorado seus semelhantes na Terra,
continuam em mundo superior, em quadro mais
vasto, seu apostolado de luz e sua redenção de
amor.
Conforme dissemos no início destas páginas, é
assim que a História eternamente recomeça e se
torna cada vez mais universal. A lei circulatória
que preside ao eterno progresso dos Estados e
dos mundos desenrola-se sem cessar em
esferas e mundos cada vez mais engrandecidos;
tudo recomeça no Alto, em virtude da mesma lei
que faz tudo evolver no plano inferior. Todo o
segredo do Universo aí está.

Livro: O Grande Enigma


Voltar para Textos Espíritas

HISTÓRICO DE TEXTOS DE LéON DENIS
01/11/2013 - O Perispírito ou Corpo Espiritual

01/11/2013 - Provas Científicas da Existência Espiritual

08/02/2013 - Livre-Arbítrio e Providência Divina

11/10/2012 - Morte e Vida Além Túmulo

11/10/2012 - A Reencarnação

 
HISTÓRICO DE TEXTOS DE TODOS AUTORES
11/02/2018 - A Fé

18/12/2017 - Natal

17/09/2017 - O Espiritismo em Bordeaux

17/09/2017 - Sobre Jesus e o Espírito da Verdade

16/06/2017 - Reencarnação

 
 
Busca
  
  
  
 
Temas Importantes
- Reencarnação
- Obsessão
- Mediunidade
 
Divulgação
- Indique o Site
- Adicione aos Favoritos
 
Mensagem do dia
“De todos os sentimentos, O Amor, esse dom profundo, é o bálsamo com que Deus suprime os males do mundo”. Auta de Souza
 
Boletim Eletrônico
Cadastre seu e-mail e receba mensagens de Luz, textos e outras informações.
E-mail

Assinar Remover
Copyright© 2004/2019 - O Espiritismo - Araraquara/SP - Todos os direitos reservados

Webmaster