Mensagens de Luz  
 
 
  Textos Espíritas  
 
 
  Mural de Recados  
 
 
  Guia de Centros Espíritas  
 
 
  Ouça Mensagens  
 
 
Página Inicial - O Espiritismo
 Home
 A Doutrina
  O que é?
  Conheça Allan Kardec
  Biografias
  Galeria de Imagens
  Fale Conosco
  Links Indicados
  Sugestão de Livros
  Obras Básicas
 O Espiritismo e Você
  Mensagens de Luz
  Textos Espíritas
  Mural de Recados
  Guia de Endereços
  de Centros Espíritas
  Ouça Mensagens
 
 
>> BIOGRAFIAS > DIVALDO PEREIRA FRANCO
 
Divaldo Pereira Franco nasceu em 5 de Maio de 1927 na cidade de Feira de Santana (BA), sendo que foi o último dos treze filhos do casal Francisco Pereira Franco e Ana Alves Franco, ambos já desencarnados. Desde sua infância já comunicava-se com os espíritos, de modo que a amizade sincera de um pequeno Espírito alegrou ainda mais os seus dias. Era o índio Jaguaraçu, que quer dizer: "Onça Grande". Ele vinha brincar com Divaldo no quintal de sua casa todos os dias. O índio aparentava ter uns cinco anos. Os dois amiguinhos brincavam sem perceber as horas passarem. Subiam em árvores, corriam pelo quintal, armavam lindos presépios na época de Natal. Colhiam musgos e folhagens para enfeitar as lapinhas, como eram chamados os presépios.
Quando jovem, foi abalado pela morte de seus dois irmãos mais velhos, fato que o deixou traumatizado e enfermo, sendo conduzido a diversos especialistas na área da Medicina, sem contudo, lograr qualquer resultado satisfatório.

Apareceu então, em sua vida, D. Ana Ribeiro Borges, que o conduziu à Doutrina Espírita, libertando-o do trauma e trazendo consolações, tanto para ele como para toda a família. Dedicou-se, a partir de então, ao estudo do Espiritismo. Aos poucos foi aprimorando suas faculdades mediúnicas, através do correto exercício e continuado estudo do Espiritismo.

Tendo estudado na Escola Normal Rural de Feira de Santana, recebeu o diploma de professor primário, em 1943.
Transferiu residência para Salvador no ano de 1945, com 18 anos de idade na atual existência, tendo concorrido ao IPASE (Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado), onde ingressou em 5 de Dezembro de 1945 como escriturário, permanecendo como funcionário até a sua aposentadoria na década de setenta.

Espírita convicto, fundou o Centro Espírita Caminho da Redenção em 7 de setembro de 1947. Dois anos depois iniciou a sua tarefa de psicografia. Diversas mensagens foram escritas pelo seu intermédio, sob a orientação dos Benfeitores Espirituais, até que um dia, recebeu a recomendação para que fosse queimado o que escrevera até ali, pois não passavam de simples exercícios. Com a continuação, vieram novas mensagens assinadas por diversos Espíritos, dentre eles, Joanna de Ângelis, que durante muito tempo apresentava-se como "Um Espírito Amigo", ocultando-se no anonimato, à espera do instante oportuno para se fazer conhecida. Joanna revelou-se como sua mentora Espiritual, escrevendo inúmeras mensagens, num estilo agradável, repassado de profunda sabedoria e infinito amor, que conforta aos mais diversos leitores e necessitados de diretriz espiritual.

Em 15 de agosto de 1952 fundou a Mansão do Caminho, um lar para crianças carentes no qual, até hoje, já passaram mais de 30 mil crianças que foram devidamente, educadas e evangelizadas. Atualmente, mais de três mil crianças e jovens carentes são atendidos todos os dias gratuitamente, em uma área de 77 mil metros quadrados, com 50 edificações, em 22 atividades sócio-educacionais. A Mansão do Caminho faz atendimentos a gestantes desde 1950, com assistência médica, e distribuição de enxovais numa média de 800-900/ano, presentes no Dia das Mães e festas de confraternização em cada distribuição mensal. A este conjunto de atividade denominou-se de Enxovais Meimei. Há, também, a Creche A Manjedoura, inaugurada na Mansão em agosto de 1983, e que assiste a 150 crianças de 2 meses a 03 anos de idade em regime integral, possuindo seis berçários, totalizando em torno de 600 mamadeiras por dia, além de assistência médica, social e refeição normal sob orientação de nutricionista. Além disso, existe o Jardim da Infância Esperança, inaugurado em fevereiro de 1971, graças a convênio com o Lar Fabiano de Cristo, oferecendo atendimento integral a 345 crianças de 03 a 06 anos. Há, ainda, a Escola Alvorada Nova, de ensino fundamental, fundada em 1957, sendo reestruturada em novembro de 1989 conveniada com a Secretaria do Estado da Bahia para atendimento a “meninos de rua”, em período integral, possuindo cursos profissionalizantes, alguns deles com o apoio do Projeto Cidade Mãe, da Prefeitura de Salvador. Graças ao convênio estabelecido com a Lateina-Merika Zentrum, da cidade alemã de Bonn, suas instalações foram ampliadas de forma considerável. A Mansão do caminho conta, além das obras citadas acima, com muitas outras, das quais destaca-se a Escola Allan Kardec, também de ensino fundamental, fundada em setembro de 1964; a Escola de Ensino Fundamental Jesus Cristo, contando com uma biblioteca constituída por mais de 10.000 livros, biblioteca esta que é aberta não somente aos alunos da Mansão do Caminho, mas a todos os oriundos das Escolas do Bairro e da periferia. Ainda oferece a Escola Supletiva de Enfermagem Irmã Sheilla – fundada em 1989 -; a Escola de Datilografia Joanna de Ângelis – fundada em 1969 -; cursos profissionalizantes de carpintaria, sapataria, tapeçaria, corte-costura, gráfica, panificação, hotricultura e jardinagem; Caravana Auta de Souza - fundada em 1948 - , que ampara mais de 300 família carentes, abrangendo idosos e doentes físicos irreversíveis, sendo que distribui remédio e mais de 6.000 cestas básicas por ano; Centro médico J. Carneiro de Campos, com assistência médica, odontológica e Laboratório de Análises Clínicas, atendendo a mais de 52.000 pessoas por ano; Grupo de Ação Comunitária Lygia Banhos, o qual atende domiciliarmente famílias carentes no bairro do Pau da Lima; etc.
Assim, Divaldo educou mais de 600 filhos, hoje emancipados, a maioria com família constituída (hoje tem 200 netos!) e profissão própria, no magistério, contabilidade, serviços administrativos e medicina.
 
 
Busca
  
  
  
 
Temas Importantes
- Reencarnação
- Obsessão
- Mediunidade
 
Divulgação
- Indique o Site
- Adicione aos Favoritos
 
Mensagem do dia
“A alegria do próximo começa muitas vezes no sorriso que você lhe queira dar”. André Luiz
 
Boletim Eletrônico
Cadastre seu e-mail e receba mensagens de Luz, textos e outras informações.
E-mail

Assinar Remover
Copyright© 2004/2017 - O Espiritismo - Araraquara/SP - Todos os direitos reservados

Webmaster